A próxima geração de Blu-rays tem nome: Ultra HD Blu-ray

| 10/01/2015

Bill Hunt, editor do site The Digital Bits, divulgou nessa semana informações obtidas através de contatos com membros da BDA (Blu-ray Disc Association) e integrantes da Panasonic a respeito da próxima geração de Blu-ray Players. Está confirmado que os novos players se chamarão Ultra HD Blu-ray, geração essa que tornará possível a distribuição de conteúdo 4K. Nessa semana inclusive a Panasonic apresentou na CES seu primeiro modelo protótipo do formato (imagem abaixo).

6039_tn

Como se sabe, filmes e hardware em 4K já são produzidos (TVs 4K já custam menos de R$ 2 mil no Brasil), mas ainda não havia uma definição a respeito da mídia e players a serem utilizados no futuro para a distribuição desse conteúdo como já são os filmes em Blu-ray distribuídos hoje. Assim, a melhor expectativa é que a tempo do Natal de 2015 os principais fabricantes já coloquem nas prateleiras os primeiros Ultra HD Blu-ray Players, capazes de lerem discos com conteúdo 4K.

Esses players também terão a capacidade de lerem as mídias anteriores, como o tradicional Blu-ray, Blu-ray 3D DVD, etc. No entanto, não há ainda informações a respeito de um eventual lançamento de conteúdo 4K em 3D. Discos de Ultra HD Blu-ray terão seu vídeo comprimido através do novo codec H.265, a evolução natural do H.264/MPEG-4 AVC, usado atualmente nos formatos de vídeo em Blu-ray.

Hoje os discos tradicionais de Blu-ray podem conter até 50GB de dados, quando em dupla camada ou 25GB quando de camada única. Já os discos Ultra HD Blu-ray conterão 66GB de dados quando houver apenas uma camada e até 100GB para mídia de tripla camada. Todo esse espaço é necessário para comportar a nova geração de definição de áudio e vídeo, que como trarão melhor qualidade, necessitarão de mais espaço. Vale lembrar que o vídeo tem resolução quatro vezes maior do que o do Blu-ray atual.

Um novo recurso a ser incluído no novo formato é a capacidade de gerar uma espécie de Cópia Digital do filme para assistir em dispositivos móveis à partir do disco Ultra HD Blu-ray. Ainda que o recurso deverá estar presente na tecnologia, dependerá dos estúdios decidirem se desejarão ou não adotar esse recurso, que seria um substituto para o tradicional “Digital Copy” distribuído atualmente.

Também cabe aos estúdios de Hollywood a aderência ao novo formato. Ainda que a tecnologia esteja em desenvolvimento e próxima de ser oficialmente lançada, não há ainda nenhum estúdio que tenha oficialmente declarado apoio ao formato. No entanto, diferente do que houve quando o Blu-ray ganhou a batalha contra o HD-DVD, não se espera dessa vez que esse tipo de impasse atrapalhe os planos do conteúdo em altíssima definição.

Fonte: The Digital Bits

Tags:

Category: Extras

Comments are closed.